Pular para o conteúdo principal

DOUTRINAS DA GRAÇA - TULIP

Cinco Pontos do Calvinismo


A Tulipa é uma flor muito comum nas regiões da Holanda, local onde ocorreu o famoso Sínodo de Dort (Sínodo  que lançou as bases históricas da separação da doutrina Calvinista das restantes que surgiram na Europa com advento do protestantismo).
Do Sínodo surgiu  o famoso documento chamado  Os Cânones de Dort, em que constam estes 5 pontos e outras informações importantes sobre a doutrina oficial da reforma Suiça.
Tulip, em inglês funciona como acróstico das letras iniciais das 5 principais doutrinas defendidas neste Sínodo.

Uma típica tulipa holandesa. A vermelha nasceu junto ás outras mas não é igual.

Historicamente estes são os pontos fundamentais que marcam o terreno da doutrina calvinista. Clique  pontos para explicações mais detalhadas sobre cada um deles.


Vamos experimentar colocar em uma ordem a sequência destes pontos. Vamos lá:

Primeiro Deus criou o homem, bom puro , perfeito e justo.
O Homem pecou, caindo em desgraça, condenado à morte. Da queda seguiu-se a DEPRAVAÇÃO TOTAL em que todo gênero humano foi contaminado e está perdido eternamente, por causa do pecado.
Deus elege dentre os que nascerão de Adão os  pecadores que ele haverá de salvar por sua misericórdia. Elege sem prever nenhum mérito para essa escolha, isso fica conhecido como ELEIÇÃO INCONDICIONAL.
Vindo a plenitude dos tempos Jesus , o Filho de Deus , toma a forma humana, vive sem pecado e morre na cruz, assumindo a culpa dos pecadores eleitos, se sacrificando em favor deles. Ele morre substituindo os eleitos, no lugar dos eleitos. Isso se chama EXPIAÇÃO LIMITADA, ou seja a expiação que cobre somente os eleitos.
Os que Deus predestinou chamar serão irresistivelmente e amorosamente atraídos pela graça  salvadora. Eles não poderão resistir para sempre aos  chamados do Espírito Santo operando com graça em seus corações. Por isso eles crerão em Cristo, terão fé salvadora. Eles creem por que foram chamados e por que foram iluminados. Isto se chama GRAÇA IRRESISTÍVEL.
Os que Deus chamou por sua vocação eficaz, ele fará com que perseverem até o fim, Deus não os abandonará para que resistam por si, para que mantenham-se firmes por suas próprias forças. Não, Deus com eles estará, os fortalecerá, os animará na jornada e não permitirá que seus eleitos se percam. Segurança eterna dos eleitos. A isto chamamos doutrina da PERSEVERANÇA DOS SANTOS.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…

“Eu te conheci no deserto, em terra muito seca.” (Oseias 13.5.)

O povo de Israel estava sofrendo sobremaneira na terra do Egito e isto já durava 400 anos. Deus  então ouviu o clamor de Israel quando o povo estava na escravidão . Moisés foi usado para libertar o povo. Israel então saiu, livre, para o deserto. Foi ao sair do Egito que eles viram o poder de Deus manifestado. Jamais um povo viu tantas manifestações grandiosas do poder do Altíssimo como Israel na Terra de Faraó. Por dez vezes o povo que os escravizara fora castigado por Deus  de maneira sobrenatural, e Israel viu tudo isso e ficou ileso. Castigos como água transformada em sangue,  plantações destruídas, primogênitos mortos. Mas Israel esteve protegido e não sofreu estas assolações. Mas não foi lá que eles  aprenderam quem era Deus. Foi  na terra seca e inabitável do deserto do Neguev, onde não havia água nem comida e o sol era ardente, que a nação escolhida conheceu ao Senhor. Hoje também, Jesus nos resgatou da maldição do pecado e nos colocou no caminho da vida eterna. Estamos livres e se…

Filipe o Evangelista - Vivendo na Dinâmica do Espírito

Filipe Diácono e Evangelista Filipe foi um evangelista, foi  um dos primeiros seguidores de Jesus e  um dos Setenta Discípulos (Lucas 10) . Junto com Estêvão, era um dos sete “homens acreditados, cheios de espírito e de sabedoria” , escolhidos para a distribuição de alimentos entre as viúvas cristãs em Jerusalém (Atos 6:1-6).  Filipe foi a Samaria; proclamou ali o evangelho, realizou milagres,  e como resultado muitos aceitaram a mensagem e foram batizados ( veja Atos 8.4-13). Logo depois batizou um eunuco da Etiópia e foi "arrebatado" até Asdode, de onde seguiu pregando até Cesareia. Anos mais tarde, morou em Cesareia, onde pregava com suas quatro filhas. Por volta do ano 56d.C. foi visitado por Paulo e Lucas que ficaram por um tempo em sua casa.  A tradição diz que ele residiu em Trales se tornando bispo da Igreja local.  Vamos a o relato mais significativo da vida de Filipe. A história de Filipe e o Etíope.

Atos 8.26-40
26 -  Mas um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Lev…