Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 3, 2018

Salvação - Nos custa tudo, mas é de graça.

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.  Não vem das obras, para que ninguém se glorie;  Efésios 2.8,9

Somos salvos pela graça ou temos de fazer algo para conquistar a salvação?
Não custa nada mas Jesus me pede a vida. Não  é por obras mas continuo precisando obedecer a Deus.

Olhando assim, de forma rápida, nos parece que estas afirmativas carecem de sentido,  porém se examinarmos com cuidado  as doutrinas que as sustentam veremos que são coerentes.
Vamos usar a ilustração da porta estreita e da porta larga.





A Porta Larga

Pense nesta porta larga. Ela é um caminho que, aparentemente, conduz á salvação. Vamos chamá-la de Justiça Própria. Imagine uma porta larga, muito larga. mesmo que ela seja bem ampla,  nossa ofensa, nosso pecado é infinitamente grande e não passa por ela.  Naturalmente, nossa tendência será tentar  diminuir a nossa carga para passar na porta. Após muita dificuldade, esmero e boas obras, alguns conseguem diminuir um tantinho do fardo…

Faz sentido chorar? Salmo 119.136

Rios de águas correm dos meus olhos, porque não guardam a tua lei. Salmo 119.136

A palavra que aqui é utilizada como correm, vem de "correntes”,  ou correnteza, e aparece ligada a palavra  "rio". Aqui o escritor está a lembrar do deserto do Neguev, lugar inóspito que fica ao sul de Jerusalém, perto de Masada. Há épocas de muita sequidão e estio em que o único rio que cruz aquele deserto mostra seu leito vazio, tão seco e árido como o próprio Saara. Quando chega a época da chuva em Israel,  torrentes impetuosas de água inundam o leito, transformando o canal seco em rio transbordante, rapidamente.  Os olhos do salmista estavam como este rio, transbordante de águas. Ele chorava pelos pecados do povo.


Faz sentido chorar pelo pecado de outros?
Há pessoas que não choram commuita frequência. Não acredito que necessitem mesmo. Sabemos que as lágrimas fazem parte da vida humana  como uma manifestação de dor, sofrimento, angústia ou até mesmo alegria, pois  o choro é o resultado de …

Piedade e conhecimento de Deus.

“Mas rejeita as fábulas profanas e de velhas, e exercita-te a ti mesmo em piedade; Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e  da que há de vir.”
I Timóteo. 4.7-8


Piedade e conhecimento de Deus não são termos contrários, são apenas diferentes. Apesar disto muitos dentre os cristãos entendem que onde há abundância de conhecimento há de se terpouca comunhão com Deus. Percebemos que existe em muitos segmentos,uma tensãoque encontra incompatibilidade entreerudição epiedade. Esta não é uma tensão natural, é apenas aparente. Ela é constatada geralmente por indivíduos preocupados com o fervor na espiritualidade. Estas pessoas entendem que existe uma supervalorização do formalismo acadêmico, engessando, ou impedindo o desenvolvimento da vida espiritual.
Esta tensão, porém não parte apenas dos incultos, há tambémeruditos que enxergam desta forma.




Não estudioso mas entusiasmado Há entre os não acadêmicos uma tendência a …

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações

Seguidores