Pular para o conteúdo principal

Charisma

Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.  Tiago 1.17



“Boa dádiva”, “dom perfeito”, você sabe que palavra é usada no Novo Testamento, no original grego, para designar   estes termos?
O vocábulo carisma, ou charisma, vem da  palavra CHARIS, que tem a acepção de dom, dádiva, favor, ou ainda mais claramente: GRAÇA.
 Cada um de nós tem um dom, um "charisma", uma pequena expressão da graça - no Grego "Charis" - de Deus.

Usamos muitas vezes este termo equivocadamente. Dizemos que alguém é carismático quando esta pessoa apresenta uma espécie de magnetismo pessoal que atrai ao primeiro olhar ou primeiro contato. Dizemos: “este apresentador é carismático”, ou “esta atriz é carismática”.
Na verdade quem tem o carisma é quem tem a graça divina diretamente atuando no seu coração. Neste sentido é só um cristão autêntico, cheio do Espírito Santo que pode ser  carismático. Isso significa que eu e você podemos ser carismáticos. Que bênção!
Charis é graça, é o dom divino manifesto na vida do ser humano. Nós, Igreja de Cristo,  somos portadores deste carisma divino.

A pessoa que tem a Charis divina tem um diferencial em sua vida. Sabe aquela pessoa que canta super bem e  ninguém entende de onde ela tirou este dom, mesmo sem conhecer quase nada de música? Pois é, isso é a Charis de Deus. Um presente que o Criador deu.

Nem sempre estes dons são evidentes, há caso  em que alguém tem um dom não tão valorizado pelas pessoas em geral. Pode ser o dom de aconselhar, o dom de tocar piano ou o dom de costurar admiravelmente. É incrível a variedade de presentes que o Pai celeste dispensou a nós seres humanos.
Deus não muda, nada, nenhum tantinho, Ele é  e sempre será o mesmo, mas a sua graça na vida do seu povo é multiforme, ou seja, assume diversas formas. Há milhares de possíveis aplicações das nossas capacidades.
Muitas vezes temos dificuldade de descobri-las. Quem melhor pode dizer qual o seu talento são as pessoas mais próximas de você. Por isso pergunte quais as áreas você se sai melhor, quem sabe aí você possa descobrir um talento único, uma capacidade toda especial para usar em favor dos seus semelhantes. É   fundamental usar o dom em benefício dos outros.
O uso mais adequado do charis,   em palavra ou ação  deve ser voltado para o nosso próximo. Seres egoístas não glorificam a Deus, pois o próprio Deus não é egoísta mas reparte de sua graça com todos os seres humanos. Se eu sei cozinhar bem, que benefício teria em cozinhar somente para mim? É preciso repartir o que temos com os necessitados.
Repartindo nossos dons e reconhecendo eles como dádiva divina estaremos glorificando a Deus com nossos charismas.
Sempre devemos lembrar de dar crédito e honra a quem nos concedeu a dádiva.
 Sempre honrar o Senhor por ter nos dado tal presente.
Vem do alto, vem dos céus, vem do Pai das Luzes!!!

Comentários

  1. Que possamos valorizar estes Dons tão especiais que o Senhor nos deu, e usemos para adorá-lo e glorificá-lo. Parabéns pela postagem.
    Vanessa. http://incondicionalamordeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações