Pular para o conteúdo principal

Olhos sofredores. Salmo 119.123

Os meus olhos desfaleceram pela tua salvação e pela promessa da tua justiça. Salmo 119.123


Quem de nós já não teve  olhos sofredores? Os olhos transparecem a dor da alma. Noites insones, lágrimas abundantes. Onde está Deus?
O salmista estava com o olhar exaurido de tanta espera, ele ansiava pela salvação de Deus para sua atribulada vida.  Olhos sofredores são olhos angustiados, olhos aflitos.
 Homens de Deus também choram, também lamentam, sofrem. Ninguém está imune ao sofrimento.
Quem tem sentimentos, sente. Numa escala de sensibilidade o cristão é o mais sensível dos homens, mais sofredor dos homens, pois além da sua dor, das suas angústias ele ainda aprendeu a sentir a dor do outro, chorar com os que choram, sofrer com os que sofrem. Afinal Cristo fez isso por nós e os cristão são imitadores de Cristo.
Você é cristão? Já lamentou e se aliou empaticamente ao sofrimento do seu irmão? Se ainda não você ainda não aprendeu o mandamento de amar ao próximo. Amar é preocupar-se e afligir-se com o sofrimento alheio. Quem ama tem olhos sofredores, sofre por si, por suas misérias, por suas fraquezas, mas também pelas misérias e angústias enfrentadas pelo seu semelhante.
A dor de um homem é a dor da humanidade inteira. Sofremos por causa da justiça. Queremos que a justiça seja feita, em nosso favor e em favor de todos os injustiçados do mundo. Terremotos no Irã, guerra no Zimbábue, morte de cristãos na Nigéria. São seres como nós que estão sofrendo.
O salmista sofria por ansiar que a justiça divina se manifestasse em seu favor. Nós ansiamos que esta justiça seja manifesta para nós e para os injustiçados pelo mundo afora. Queremos ver o mundo livre de toda dor e toda desigualdade seja abolida  da face da terra. Cremos piamente que isso ocorrerá em breve.
O salmista declara porém sua esperança inabalável na justiça do Senhor Deus. Apesar de seus “olhos desfaleceram pela tua salvação e pela promessa da tua justiça”,  não percebemos desconfiança nas divinas promessas, nem ira contra o Senhor que o prometera.
Nosso sofrimento e nossa dor, nossa sede de justiça será satisfeita no tempo certo, por que Cristo virá e reinará, dando fim à toda injustiça.


Os olhos que choram serão consolados.

Comentários

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações