Pular para o conteúdo principal

Uma boa tradução é necessária quando orar se tornar difícil. Romanos 8.26-27

Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.  Romanos 8:26-27


Sabemos que é importante orar?  Sabemos que é essencial?
A resposta é: Deveríamos saber que sim, é importante orar, é essencial.
O que é orar?
Resumindo, orar é falar com Deus.
E como fazer?
De joelhos, de pé, assentado, deitado, olhos abertos, olhos fechados. Voz alta, voz baixa, sussurrando ou gritando bem alto...
Todas as formas são válidas.
Quando orar?
Sempre, de modo mais frequente possível. 
Mas como fazer isso?
Há vários modos de orar e sempre teremos locais e momentos apropriados para cada jeito diferente.
Falar é fácil, mas fazer não parece  especialmente muito fácil.
Vamos continuar a conversa então...
O mais importante é sabermos que é preciso orar constantemente e com muita fé que Jesus está a nos ouvir.  São duas coisas essenciais: frequência e fé.
Mas frequência?  Sabemos que é importante orar mas e quando não temos força para orar, ou quando nos faltam palavras?
Leiamos novamente o versículo destacado  ( nunca é demais a leitura).

Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.  Romanos 8:26-27

Meus amigos , orar é uma imperiosa necessidade, precisamos orar assim como precisamos respirar ou comer.  Primeiro, é necessário que entendamos que orar é absolutamente indispensável para nós. Não dá para ficarmos sem oração.
Segundo ,é preciso que tenhamos confiança de que seremos entendidos. Isso é fundamental. Precismos crer nisso.
Sim, seremos compreendidos. Se falarmos de nossas dificuldades , lutas e anseios para um amigo ele possivelmente terá dificuldade de entender e muitas vezes ele não conseguirá. Nossos irmãos, nossos pais, nosso cônjuge, ninguém é capaz de entender profunda e perfeitamente o que se passa dentro de nós, especialmente quando nos sentimos fracos e deprimidos.
Mas, a Bíblia diz que Deus: 
"nos ajuda em nossa fraqueza".

O nosso Deus está empenhado em nos ajudar, Ele deseja que nós apenas manifestemos o desejo de falar, de nos comunicarmos com Ele.
O próprio Senhor nos diz que nos compreende tão perfeitamente bem, tão profundamente que Ele mesmo afirma que :
"nós não sabemos como orar,...".

Ei! Isso é magnífico. Ele reconhece que não temos nem capacidade de nos expressarmos bem, da maneira correta.
A mãe não ouve da boquinha do bebê recém nascido: "estou com fome, quero comer",  ela só ouve o choro, o resmungo , mas ela conhece seu filho, sabe muito bem das necessidades daquele serzinho gerado em suas entranhas. bastando que ele sinalize com o choro para que ela se prontifique a lhe dar de mamar. Ela lhe entende muito bem.
Deus conhece aqueles seres humanos pecadores , falhos, frágeis, que tentam se relacionar com Ele, muitas vezes sem usar palavras adequadas, sem saber muito bem o que falar, mas para nosso Senhor basta que eles sinalizem suas necessidades que o Pai amoroso corra em seu favor para lhes ajudar.

 "o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis"

O Espírito de Deus intercede por nós, Ele está empenhado fortemente para que nossas orações sejam recebidas no Trono da Graça. Essa verdade é maravilhosa!!
Desfrutamos de um amigo e de um ajudador celeste, da parte do próprio Deus que intervém para pegar nossa linguagem sofrida e pecadora e traduzir no idioma dos céus.
Sabendo disso, é bem mais fácil nos animarmos para buscarmos ao Senhor em oração e entregarmos a Ele nossas necessidades, medos, angústias e anseios. Ele sempre nos ouvirá, do modo que conseguirmos nos expressar.

Que tal orarmos hoje? Que tal deixar que o Espirito Santo fale por você? Experimente, ele vai te ajudar. Uma boa tradução  é necessária quando orar se tornar difícil.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…

Trindade Imanente e Trindade Econômica

Não se pode estudar Teologia do ponto de vista ortodoxo sem refletir a respeito da doutrina Trindade. A grande maioria das Igrejas cristãs abraça esta doutrina. Ela é básica para o Cristianismo.  A Declaração típica do credo cristão histórico é: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo .
Os judeus do tempo de Jesus davam muita ênfase à unidade de Deus, e esta ênfase foi trazida para dentro da igreja cristã. Não muito tempo depois,  estudiosos da Bíblia notaram que a Unidade ensinada no Judaísmo não era tão evidente assim como se entendia na época. Analisando as afirmações de Cristo e as revelações do apóstolo Paulo chegou-se a conclusão de uma Triunidade, também chamada de  Trindade .
Tertuliano (ca. 160 - ca. 220 d.C.) foi o teólogo responsável pelo desenvolvimento do termo Trindade, ele criou a palavra “Trindade” (no latim, Trinitas), esse termo desde a sua época tornou-se característico da teologia cristã. Muitos teólogos do cristi…

“Eu te conheci no deserto, em terra muito seca.” (Oseias 13.5.)

O povo de Israel estava sofrendo sobremaneira na terra do Egito e isto já durava 400 anos. Deus  então ouviu o clamor de Israel quando o povo estava na escravidão . Moisés foi usado para libertar o povo. Israel então saiu, livre, para o deserto. Foi ao sair do Egito que eles viram o poder de Deus manifestado. Jamais um povo viu tantas manifestações grandiosas do poder do Altíssimo como Israel na Terra de Faraó. Por dez vezes o povo que os escravizara fora castigado por Deus  de maneira sobrenatural, e Israel viu tudo isso e ficou ileso. Castigos como água transformada em sangue,  plantações destruídas, primogênitos mortos. Mas Israel esteve protegido e não sofreu estas assolações. Mas não foi lá que eles  aprenderam quem era Deus. Foi  na terra seca e inabitável do deserto do Neguev, onde não havia água nem comida e o sol era ardente, que a nação escolhida conheceu ao Senhor. Hoje também, Jesus nos resgatou da maldição do pecado e nos colocou no caminho da vida eterna. Estamos livres e se…