Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Não é minha mão que me segura.Salmo 119.117

Sustenta-me, e serei salvo, e de contínuo terei respeito aos teus estatutos. Salmo 119.117


Pensemos na cena: Um homem dependurado em uma ponte,  segurando apenas por uma mão, prestes a cair. Esta  ponte cruza por cima de um despenhadeiro altíssimo. Ele está por um triz de se espedaçar nas pedras lá em baixo.  Sua pouca força está findando, seu braço não resistirá muito tempo. Não sabemos muito da situação que se encontra o salmista, mas pelo seu pedido de socorro parece-nos que está em apuros. Ele clama por auxílio, ele precisa ser sustentado, segurado. Parece este homem pendurado na ponte. A força de que precisamos para sermos salvos não vem de nós,  ela emana de Deus. É isso que precisamos saber. Somos como o salmista, estamos prestes a sucumbir diante do mal e do pecado do mundo. Nossa vida é frágil como uma neblina, quem nos garantirá viver no próximo dia, próxima hora, próximo segundo? É impressionante como somos frágeis, como somos sujeitos a todo tipo de doença, de desastre. Somos …

Estudo Bíblico Indutivo - EBI

 Introdução
O estudo Bíblico indutivo é  um método que procura levar o leitor a estudar o texto cuidadosamente, observando todos  os detalhes. Desta forma  não se tenta impor ideias próprias ou opiniões sobre o texto.  A Bíblia deve falar por si mesma,   sem preconceitos ou manipulações textuais.
Este método é especialmente vantajoso  porque nos provê a possibilidade de aprendermos ensinos não tendenciosos daquilo que Deus está comunicando através da porção da Escritura em questão.
Você analisa  as   palavras, as frases, sentenças, parágrafos e capítulos, e começa a descobrir e desenvolver as ideias que eles contém.  Primeiro você entende o texto , o autor e seu contexto, só depois você tentará extrair aplicações pessoais.
Resumo deste método.
Primeiro lugar, disponha de um tempo determinado para ler. Nem muito extenso para não ser cansativo, nem curto,  que  seja suficiente para entender bem o texto escolhido.
 Depois ache um lugar confortável, pegue uma Bíblia comum, não uma Bíblia de e…

Atributos de Deus. Estudar Deus é estudar o infinito.

Estudar Deus é estudar o infinito. Nenhuma classificação é suficiente para estudá-lo. Porém, apesar de ser impossível compreender toda e exaustivamente a divindade é possível conhecer a Deus a medida em que ele se revela e na proporção em que possamos explicar.


Veja alguns nomes de Deus no gráfico.


Este são alguns nomes, traduzidos e transliterados do Hebraico para o português, que fazem referência a títulos que Deus possui. A Bíblia revela, além dos títulos, muitos dos atributos da divindade. Atributos são características inerentes ao ser Divino.Existem atributos comunicáveis e os incomunicáveis. Os atributos comunicáveis,  foram impressos na humanidade na criação: são a inteligência, a vontade e a moralidade, bondade,  sabedoria, beleza, entre outros.

Os atributos incomunicáveis são aqueles exclusivos de Deus, como a eternidade e a onipotência. Apenas ele tem essas qualidades e elas não foram transmitidas (comunicadas) a nenhum ser criado. Deus não compartilhou tais atributos com o homem…

Anomia. Mateus 24.12

E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.  Mateus 24.12


Ausência de Lei. Anarquia. É isso que significa anomia. Nós que somos seguidores de Cristo não estamos mais obrigados pela lei judaica. Jesus nos libertou da escravidão da lei. Porém isso não significa, de modo algum, que estamos desobrigados de qualquer mandamento. Não estamos na anomia.  Há ainda uma regra pra seguir e a Palavra de Deus deve ser respeitada como se fosse a Constituição de vida do crente.  A nossa regra de fé e de prática.
A palavra anomia aparece 26 vezes na Bíblia , 15 delas só no Novo Testamento. Neste trecho de Mateus ela é traduzida por iniquidade. A Palavra  significa: ausência de lei, ou desprezo pela lei. Ato ou efeito de ignorar as leis.
Quem ama realmente não precisaria de muitas regras e regulamentações. A lei que manda não roubar não precisaria existir, se por amor as pessoas não roubassem. A lei que manda não mentir não carecia existir se as pessoas se amassem de tal forma que a ment…

3- Que é religião?

 Que é religião?


O termo vem de religare, religar, indica que a religião é um laço de piedade que serve para religar os seres humanos a Deus. O homem é um ser espiritual por natureza, e assim sendo, não pode jamais se satisfazer, interior e plenamente, com as limitações impostas pelo que é físico e temporal. A mente humana pode medir, calcular, abstrair, avaliar e sentir. Mas o estado invisível da percepção, em última análise, transcende o físico e se enlaça ao invisível. Sendo Deus Espírito, Sua natureza está acima do terreno do lógico e do fisicamente perceptível . Mas desejando que o homem o busque em Sua natureza espiritual, concede ao ser humano o dom de crer, tendo este a finalidade de ser o meio pelo qual alguém pode compreender as coisas espirituais e conhecer o próprio Deus. A fé não está subordinada à razão e tampouco é ela mesma irracional. Antes, a fé é um dom através do qual o homem compreende o incompreensível e discerne o que é humanamente indiscernível. E incompreensível e…

O que é pecado?

O que é pecado?
Pecado é agir contra o desejo de Deus para nós. Tudo que que nos afaste de Deus é pecado. O estudo do pecado, no ponto de vista bíblico chama-se hamartiologia, do grego transliterado hamartia = erro, pecado + logós = estudo), Pecado é descrito na Bíblia como transgressão à lei de Deus (I João 3:4) e rebelião contra Deus (Deuteronômio 9.7; Josué 1.18).
Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade. 1 João 3:4

O pecado teve seu começo com Lúcifer,  o mais   poderoso dos anjos. Não satisfeito de ser tudo isto, ele desejou ser o Deus altíssimo e esta foi sua queda e o começo do pecado (Isaías 14.12-15). Renomeado Satanás, ele trouxe o pecado à raça humana no Jardim do Éden, onde ele tentou Adão e Eva com a mesma fascinação: “sereis como Deus”. Gênesis 3 descreve a rebelião de Adão e Eva contra Deus e contra Seus mandamentos.

Para fins didáticos podemos separar este estudo em categorias: Pecado Original, Pecado Natural e Pecado Mortal. Precisa…

Cristo morreu por todos? E por quem não crer também?

Cristo veio e morreu para salvar eficazmente homens ou apenas para fazer a salvação possível? Então, era teoricamente possível que Cristo poderia morrer por pecados e ninguém ser salvo?

Resposta: Cristo morreu para tornar a salvação possível para todos os homens ( João 3.16).
Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Isso inclui todos os que, ouvindo, creem e recebem  a mensagem do evangelho. Apesar disto não são todos os homens que serão salvos, desta forma a salvação é eficaz somente para os eleitos, que foram salvos mediante a graça de Deus. Em João 1.12 lemos:
Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, ou seja, aos que crêem no seu Nome;

Também era impossível  que  ninguém fosse salvo, que ninguém cresse, pois a graça divina opera enigmaticamente no coração do pecador através do Espírito Santo para que este creia, se arrependa e aceite Cristo com sal…

Charisma

Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.  Tiago 1.17


“Boa dádiva”, “dom perfeito”, você sabe que palavra é usada no Novo Testamento, no original grego, para designar   estes termos? O vocábulo carisma, ou charisma, vem da  palavra CHARIS, que tem a acepção de dom, dádiva, favor, ou ainda mais claramente: GRAÇA.  Cada um de nós tem um dom, um "charisma", uma pequena expressão da graça - no Grego "Charis" - de Deus.
Usamos muitas vezes este termo equivocadamente. Dizemos que alguém é carismático quando esta pessoa apresenta uma espécie de magnetismo pessoal que atrai ao primeiro olhar ou primeiro contato. Dizemos: “este apresentador é carismático”, ou “esta atriz é carismática”. Na verdade quem tem o carisma é quem tem a graça divina diretamente atuando no seu coração. Neste sentido é só um cristão autêntico, cheio do Espírito Santo que pode ser  carismático. Isso significa que eu e você…

Já! Mas ainda não

Não há um crente que já não tenha experimentado  desânimo ao enfrentar o pecado em sua própria vida. Não é fácil realmente. A história da Igreja está cheia de exemplos de homens de Deus que lutaram a vida toda contra o pecado e que nunca foram completamente livres   de sua influência maligna na  vida. Existem inúmeros diários,  agendas e livros deixados por grande homens e mulheres de Deus relatando estas terríveis experiências de luta interior contra a tentação do mal.
Nada mais ingênuo do que pensar que o mal nos deixaria na conversão. Veja o que o Apóstolo Paulo escreveu:
Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros. Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte? Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo c…

Total de visualizações