Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

O Concílio de Jerusalém

O Concilio de Jerusalém foi uma reunião ocorrida entre 48 e 50 D.C.  , realizada entre as lideranças cristãs nos meados do século I, para abordar se os gentios (não-judeus) deveriam seguir costumes da religião israelita.
O Concílio de Jerusalém está descrito em Atos dos Apóstolos 15, 6-29.
AS DISPUTAS INICIAIS
Entre alguns da Judeia estabeleceu-se uma dúvida e uma polêmica: saber se os gentios, ao se converterem ao cristianismo, teriam que adotar algumas das práticas antigas da Lei Mosaica para poderem ser salvos, inclusive o fazer-se circuncidar. Alguns cristãos de origem judaica entenderam que os gentios que se tornavam cristãos, também precisavam ser circuncidados e, por isso, a reunião em Jerusalém das principais lideranças cristãs, para decidir a respeito do assunto. Parte da liderança da Igreja de Jerusalém era formada por cristãos oriundos do farisaísmo (At. 15.5), tinham ainda uma forte formação judaizante tradicional;


“Alguns, porém, da seita dos fariseus que tinham crido se leva…

Deus de amor Leal. Salmo 119.124

Trata o teu servo conforme o teu amor leal e ensina-me os teus decretos. Salmo 119.124

Deus é Deus de amor leal.  Não falha, não se altera, não se abala. Lemos esta que é uma oração de petição. O salmista se dirige aDeus pedindo para que sua vida fosse edificada sobre fundamentos firmes, sólidos, ele queriaser instruído pelos divinos preceitos.
Se Deus garantisse algo, estava garantido. Percebemos que o escritor aqui desejava garantias. A Palavra era uma garantia, por isso conhecer a palavra era imprescindível.


Pensemos agora na Magna Carta.
A Magna Carta é um documento assinado em 1215 para limitar os poderes da monarquia na Inglaterra. Na época, a carta foi assinada pelo rei João, que se encontrava no trono inglês. John Lackland ( o Rei João) e Stephen Langton foram seus autores, segundo alguns historiadores. Ela significava claramente que o povo tinha direitos e que o rei não poderia burlar estes direitos por qualquer pretexto. Para estabelecer os limites da autoridade real sob o povo e…

Isaías 55 - Um Glorioso Convite

Os livros proféticos em geral contém abundantes palavras sobre  destruição,   juízo e   punição.   Isaías, não foge à regra, é um livro repleto de notícias ruins e de tragédias anunciadas, este livro também descreve pecados e abominações que o povo de Israel havia cometido e por isso seria julgado e punido.
Mas há muita claridade também neste livro, há notícia boa, alegria e graça prevista em Isaías. Vamos então ao capítulo 55 e examinemos o que ele nos ensina.
Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Isaías 55.1

Há aqui um convite maravilhoso, um convite de graça. Sem custo, sem nenhuma exigência. Vinde! Alimentai-vos e bebei. Matai vossa fome e vossa sede!
Sede e fome de quê?  O profeta não está sendo literal em seu chamamento, não são leite e pão que irão saciar suas almas. Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que…

O Quebrador de Vasos

E olhei eu para todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também para o trabalho que eu, trabalhando, tinha feito, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que proveito nenhum havia debaixo do sol. (Eclesiastes 2.11)
Tudo é enfado, tédio, cansaço. Eis sua conclusão. Salomão continua seu ensino e conclui com excelente conselho: 
Porque, como na multidão dos sonhos há vaidades, assim também nas muitas palavras; mas tu teme a Deus.  (Eclesiastes 5.7)
Na multidão dos sonhos há vaidades. Os sonhos por mais bonitos e nobres que pareçam ser, sempre estão impregnados de vaidade. Correr atrás de um sonho pessoal nesta vida não trará a verdadeira felicidade.  Os planos humanos não são os mesmos de Deus. Tentando construir um bom futuro e adquirir muitos bens planeja-se muito, muitos buscam desfrutar de  coisas boas e prazerosas da vida. Isso pode transformar-se em egoísmo. O egoísmo de quem coloca seus sonhos em primeiro lugar é muito grande. O ser humano que procurar apenas satisfaçã…

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações