Pular para o conteúdo principal

Tenha coragem! - Salmo 119.46

Também falarei dos teus testemunhos perante os reis, e não me envergonharei.  Salmo 119.46

 

 É uma sensação muito boa quando nos sentimos cheios de coragem. Pode ser um momento de tensão, um perigo iminente, uma ofensa que precisamos enfrentar , ou uma situação qualquer que nos exija intrepidez e ousadia.
Apesar da ameaça, o coração acelera e se dispõe a lutar, sem fugir, sem recuar, sem medir esforços e , principalmente, sem se intimidar diante da grandeza e da força dos adversários.
Ali estamos nós, cheios de esperança na vitória. E que comece a batalha!
A coragem é uma virtude muito importante que todos nós deveríamos procurar desenvolver. Coragem é uma disposição para agir com intrepidez diante de um risco inevitável  ou de uma necessidade premente. Como diz no dicionário: É a firmeza de espírito para enfrentar situação emocional ou moralmente difícil.
Coragem é assumir alguns riscos controlados, ter disposição para erguer-se depois de golpeado e enfrentar uma demanda sem fugir são importantes para superação de obstáculos e sucesso em todas as áreas da vida. 
É preciso ter : 
Coragem para enfrentar uma doença, em vez de lamentar-se acreditando que já não há mais solução.
Coragem para lutar contra o desânimo quando a crise financeira se apresenta.
Coragem para lutar pela pessoa que ama.
Coragem para sonhar com coisas grandes e ideais elevados.
Na vida cristã não é diferente, é preciso também coragem para enfrentar os desafios diários da jornada. Suportar afrontas, manter-se  firme perante as críticas, enfim, sem coragem não se chega a lugar algum e a ausência total de coragem lança as pessoas no desespero, um sentimento terrível de impotência e abandono. E o pior é que muitas vezes estes sentimentos se transformam em uma destruidora depressão.
A Bíblia sempre dá ênfase á coragem dos servos de Deus, Davi foi um exemplo de coragem ao enfrentar o gigante Golias, Sansão enfrentou e venceu mil soldados filisteus; Moisés enfrentou Faraó face a face; Paulo  testemunhou frente aos reis sobre Jesus mesmo sendo humilhado e ridicularizado pelos mesmos. 
Por isso, de todos os temores que temos que enfrentar diariamente um dos mais difíceis é, sem dúvida, o temor da vergonha. Pode ser ridicularizado, desprezado, humilhado. De todos os temores este é o mais complicado de lidar, por que  qualquer situação , de uma hora para outra pode ser motivo de zombaria, dependendo do contexto social.
O cristão precisa aprender a   lidar com o medo de receber o desprezo de outrem por compartilhar uma palavra do evangelho. Par isso é preciso coragem para testemunhar ,  e este testemunho pode fazer toda a diferença na vida da pessoa. 
Naturalmente alguns vão zombar, alguns irão menosprezar um sábio conselho da Palavra. Mas corajosamente devemos sobressair às críticas e avançar no testemunho, sabendo que o Senhor irá nos recompensar por nossa fidelidade.
Não permite que o medo sufoque seu ardor evangelístico, tenha coragem!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…

“Eu te conheci no deserto, em terra muito seca.” (Oseias 13.5.)

O povo de Israel estava sofrendo sobremaneira na terra do Egito e isto já durava 400 anos. Deus  então ouviu o clamor de Israel quando o povo estava na escravidão . Moisés foi usado para libertar o povo. Israel então saiu, livre, para o deserto. Foi ao sair do Egito que eles viram o poder de Deus manifestado. Jamais um povo viu tantas manifestações grandiosas do poder do Altíssimo como Israel na Terra de Faraó. Por dez vezes o povo que os escravizara fora castigado por Deus  de maneira sobrenatural, e Israel viu tudo isso e ficou ileso. Castigos como água transformada em sangue,  plantações destruídas, primogênitos mortos. Mas Israel esteve protegido e não sofreu estas assolações. Mas não foi lá que eles  aprenderam quem era Deus. Foi  na terra seca e inabitável do deserto do Neguev, onde não havia água nem comida e o sol era ardente, que a nação escolhida conheceu ao Senhor. Hoje também, Jesus nos resgatou da maldição do pecado e nos colocou no caminho da vida eterna. Estamos livres e se…

Filipe o Evangelista - Vivendo na Dinâmica do Espírito

Filipe Diácono e Evangelista Filipe foi um evangelista, foi  um dos primeiros seguidores de Jesus e  um dos Setenta Discípulos (Lucas 10) . Junto com Estêvão, era um dos sete “homens acreditados, cheios de espírito e de sabedoria” , escolhidos para a distribuição de alimentos entre as viúvas cristãs em Jerusalém (Atos 6:1-6).  Filipe foi a Samaria; proclamou ali o evangelho, realizou milagres,  e como resultado muitos aceitaram a mensagem e foram batizados ( veja Atos 8.4-13). Logo depois batizou um eunuco da Etiópia e foi "arrebatado" até Asdode, de onde seguiu pregando até Cesareia. Anos mais tarde, morou em Cesareia, onde pregava com suas quatro filhas. Por volta do ano 56d.C. foi visitado por Paulo e Lucas que ficaram por um tempo em sua casa.  A tradição diz que ele residiu em Trales se tornando bispo da Igreja local.  Vamos a o relato mais significativo da vida de Filipe. A história de Filipe e o Etíope.

Atos 8.26-40
26 -  Mas um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Lev…