Pular para o conteúdo principal

Céu é para os perfeitos?


Santificação, perfeição, o que é preciso para ver a face de Deus?
Entre Católicos ,adventistas, mórmons ,protestantes (calvinistas e  arminianos) existe uma grande divergência quanto a santificação. As questões são várias.
A santificação é por obras ou somente pela fé?Quais os "níveis" de santidade? Existe santidade absoluta ?
A questão mais relevante de todas é esta:

SÓ OS PERFEITOS ENTRARÃO NO CÉU?

Vamos ver o que a Palavra de Deus ensina:
A Bíblia ordena: "Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."  (I Pedro 1 : 16)
E também: "Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus."  (Mateus 5 : 48)
A Palavra de Deus nos mostra que sim, é preciso ser perfeito entrar na morada do Altíssimo.

As exigências são muitas, as dificuldades também, mas não devemos desanimar, Jesus é grande em amor, compreensão e misericórdia, Ele nos assistirá em nossas fraquezas e proverá forças para sermos perfeitos.


Realmente, só os perfeitos podem entrar no Céu, mas na hora em que Cristo voltar para arrebatar os cristãos ao Céu (Jo 14. 1-3; 1Ts 4.13-17), ou quando nós formos ao seu encontro através da morte, o Espírito Santo eliminará de nosso ser a natureza pecaminosa, também chamada de pecado original (Rm 8.11; Fp 3.21; Ap 14.13); Isso é muito importante, será um acontecimento sobrenatural, que não dependerá (naquele momento) em nada de nós.
A depuração futura, que será tão instantânea quanto o é hoje o perdão, nos habilitará a vermos Deus face a face. 

"Para confirmar os vossos corações, para que sejais irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo com todos os seus santos."  (I Tessalonicenses 3 : 13)

Sim, todo aquele que está perdoado, já está pronto para entrar no Paraíso Celestial, tão logo Cristo venha nos arrebatar ao Céu. No dia do arrebatamento da Igreja, os cristãos não irão para uma sala de espera, para ali purgar suas imperfeições, mas prontamente subirão ao Céu,  quando morre um servo de Deus, sua alma voa direto para o Paraíso;
"Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados." 
 (I Coríntios 15 : 52) 

Essa depuração só acontecerá com os fiéis autênticos que buscam de todo coração agradar ao Senhor.
Por isso não haverá espaço para os relapsos e despreocupados com sua vida cristã.
Mas a confiança dos que esperam no Senhor não pode ser abalada! Não descuidando de nossa confissão e buscando sempre a presença de Deus a fé que recebemos ao crer é suficiente para nos purificar de todo pecado.
Portanto, não existe meio de purgar o que já foi perdoado.
Não existe indulgência parcial, indulgência plenária, purgatório, missas e esmolas pelos que morreram. A Bíblia Sagrada é específica quanto ao meio de Salvação e santificação do verdadeiro cristão :

 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
Não vem das obras, para que ninguém se glorie"(Efésios 2 : 8,9) 


Comentários

  1. Deus te Abençoe na Terra
    Muito Bom essa postagem

    ResponderExcluir
  2. Olá, Vitor.

    Muito interessante sua abordagem sobre a solicitação de santidade.

    Creio ser importante analisar a perspectiva etimológica dos termos "santo" e "perfeito", nos idiomas originais usados na Bíblia Sagrada. Tanto em hebraico quanto em grego.

    "Santo" é separado; "perfeito", conota completo, maduro.

    Com isso entendo que Deus espera que estejamos separados do pecado e em processo contínuo de amadurecimento espiritual. Esta condição descarta aquelas pessoas que vivem a vida em pecado continuado. Por exemplo, sabem que é pecado mentir mas mentem e alimentam a mentira diariamente.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. MUITO BOM SEU POSTS, AMO MUITO SOBRE ESSE ASSUNTO SANTIFICAÇÃO...
    "PELA GRAÇA SOIS SALVOS MEDIANTE A FÉ! EF 2:8

    DEPOIS VOU LER OUTROS COM MAIS CALMA...
    UM GRANDE ABRAÇO

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…

“Eu te conheci no deserto, em terra muito seca.” (Oseias 13.5.)

O povo de Israel estava sofrendo sobremaneira na terra do Egito e isto já durava 400 anos. Deus  então ouviu o clamor de Israel quando o povo estava na escravidão . Moisés foi usado para libertar o povo. Israel então saiu, livre, para o deserto. Foi ao sair do Egito que eles viram o poder de Deus manifestado. Jamais um povo viu tantas manifestações grandiosas do poder do Altíssimo como Israel na Terra de Faraó. Por dez vezes o povo que os escravizara fora castigado por Deus  de maneira sobrenatural, e Israel viu tudo isso e ficou ileso. Castigos como água transformada em sangue,  plantações destruídas, primogênitos mortos. Mas Israel esteve protegido e não sofreu estas assolações. Mas não foi lá que eles  aprenderam quem era Deus. Foi  na terra seca e inabitável do deserto do Neguev, onde não havia água nem comida e o sol era ardente, que a nação escolhida conheceu ao Senhor. Hoje também, Jesus nos resgatou da maldição do pecado e nos colocou no caminho da vida eterna. Estamos livres e se…

Filipe o Evangelista - Vivendo na Dinâmica do Espírito

Filipe Diácono e Evangelista Filipe foi um evangelista, foi  um dos primeiros seguidores de Jesus e  um dos Setenta Discípulos (Lucas 10) . Junto com Estêvão, era um dos sete “homens acreditados, cheios de espírito e de sabedoria” , escolhidos para a distribuição de alimentos entre as viúvas cristãs em Jerusalém (Atos 6:1-6).  Filipe foi a Samaria; proclamou ali o evangelho, realizou milagres,  e como resultado muitos aceitaram a mensagem e foram batizados ( veja Atos 8.4-13). Logo depois batizou um eunuco da Etiópia e foi "arrebatado" até Asdode, de onde seguiu pregando até Cesareia. Anos mais tarde, morou em Cesareia, onde pregava com suas quatro filhas. Por volta do ano 56d.C. foi visitado por Paulo e Lucas que ficaram por um tempo em sua casa.  A tradição diz que ele residiu em Trales se tornando bispo da Igreja local.  Vamos a o relato mais significativo da vida de Filipe. A história de Filipe e o Etíope.

Atos 8.26-40
26 -  Mas um anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Lev…