Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 13, 2018

PERGUNTA - 11. Quais são as obras da providência de Deus?

RESPOSTA - As obras da providência de Deus são a sua maneira muito santa, sábia e poderosa de preservar e governar todas as suas criaturas, e todas as ações delas.
Comentário: Deus não é apenas o grande engenheiro, arquiteto, arranjador e construtor do Universo, ele é também o seu Maestro. As grandes Leis da física são instituídas e mantidas por ele. Ele não apenas criou o macrocosmo para logo abandonar sua criação, como alguns afirmam; pelo contrário, ele zela e cuida pacientemente de cada detalhe do que acontece para que nada saia fora do seu eterno e soberano propósito. Desta forma temos o Divino Maestro conduzindo a história de modo magnífico e soberano, como se a mesma fosse uma sinfonia perfeita composta e executada por um só Senhor, maestro, compositor, arranjador e executor
Para que sua vontade se cumpra e sua glória seja manifesta, Deus, às vezes, quebra a ordem natural das coisas decretando que aconteçam milagres. Os milagres são intervenções sobrenaturais  na história em que…

PERGUNTA - 9. Qual é a obra da criação?

RESPOSTA - A obra da criação é aquela pela qual, Deus fez todas as coisas do nada, no espaço de seis dias, e tudo muito bem.
Comentário: A grandiosa obra da criação é aquela pelo qual tudo que vemos, tocamos e sentimos veio a existir, a partir da palavra de Deus, sem que houvesse nada antes disso. O Altíssimo trouxe a existência, pela sua Palavra e para louvor de sua glória todas as coisas, visíveis e invisíveis, materiais e imateriais, físicas e espirituais.


Referências:



Gn 1.1-31: No princípio, criou Deus os céus e a terra.A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas. 
Disse Deus: Haja luz; e houve luz.E viu Deus que a luz era boa; e fez separação entre a luz e as trevas. Chamou Deus à luz Dia e às trevas, Noite. Houve tarde e manhã, o primeiro dia. 
E disse Deus: Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e águas. Fez, pois, Deus o firmamento e separação entre as águas debaixo do firmamento …

Comentário ao Breve Catecismo de Westmisnter

PERGUNTA - 10. Como criou Deus o homem?

RESPOSTA - Deus criou o homem macho e fêmea, conforme a sua própria imagem, em conhecimento, retidão e santidade com domínio sobre as criaturas.

Comentário:  O homem é a imagem de Deus, ou seja , ele é Imago Dei, explico esse termo com detalhes neste post. A formação  do homem foi o ponto alto da criação. O Altíssimo estabeleceu uma de suas criaturas, o ser humano, como co-regente da terra criada. Deu-lhe  conhecimento, sabedoria e fez-lhe participante, em alguns aspectos, dos atributos divinos. Era o homem um ser santo, reto e inteligente.




Referências: 

Gn 1.27,28: Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.
Cl 3.10: ... e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou.
Ef 4.24: ... e vos revistais…

PERGUNTA - 8. Como executa Deus os seus decretos?

RESPOSTA -Deus executa os seus decretos nas obras da criação e da Providência.
Comentário : A maneira pela qual Deus faz para que sua vontade seja cumprida, ou seja, seus decretos sejam estabelecidos, é através:  - Da Criação, onde Ele criou e cria  tudo que lhe apraz, a partir do nada. São estes os Decretos de criação. - Da Providência, onde ele mantém e cuida de tudo que foi anteriormente criado, Deus estabelece o cuidado particular por cada pedacinho de sua obra, cuidado atento e zeloso.  São estes os Decretos da Providência. Deus criou e agora cuida e rege  o Universo criado através de seus decretos infalíveis. 


Referências

Dn 4.35: Todos os moradores da terra são por ele reputados em nada; e, segundo a sua vontade, ele opera como exército do céu e os moradores da terra; não há quem lhe possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?

Ef 1.11: ... nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vont…

PERGUNTA - 7. Que são os decretos de Deus?

RESPOSTA - Os decretos de Deus são o seu eterno propósito, segundo o conselho da sua vontade, pelo qual, para sua própria glória, Ele predestinou tudo o que acontece.
Comentário: O Decreto Divino é a determinação do  que vai acontecer no futuro. Quando Deus determina algo isto ocorre, sem falha, e da forma como o Senhor estabeleceu. Quando há um decreto,  Pai, Filho e Espírito Santo estão unidos em uma vontade única e perfeita que resumimos dizendo que esse foi um decreto do Conselho da Trindade. O Deus Trino determina, perfeita e soberanamente, todas as coisas antes que aconteçam,  e isso se chama  predestinação. Deus dirige individualmente cada ato e cada acontecimento do universo, e isso inclui os atos conscientes de toda a humanidade.
Deus pode ter decretos ativos ou decretos permissivos. Deus pode decretar ativamente, quando Ele mesmo realiza as ações , de modo direto, na história, ou pode decretar permissivamente, quando ele permite que algo aconteça, como por exemplo, no pecado de…

PERGUNTA - 6. Quantas pessoas há na Divindade?

RESPOSTA - Há três pessoas na Divindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo, e estas três são um Deus, da mesma substância, iguais em poder e glória.
Comentário: A Trindade não é um conjunto de três deuses, o nome disso seria triteísmo. Trindade é um termo que não aparece na Bíblia, mas é usado para  um esforço de descrever o Deus que é 3 pessoas co-existentes e co-eternas.  A Bíblia ensina que o Pai é Deus, que Jesus é Deus e que o Espírito Santo é Deus. Eles são iguais, unidos eternamente em amor, porém são pessoas distintas , sem confusão. Não há nada que se possa compara , a divindade é incomparável e também incompreensível em sua totalidade pela mente humana finita. Aceitamos o conceito pela fé, de acordo com as várias referências bíblicas.


Referências
Mt 3.16,17: Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.
Mt 28.19:

PERGUNTA - 5. Há mais de um Deus?

RESPOSTA - Há só um Deus, o Deus vivo e verdadeiro.
Comentário: Aqui é rejeitado o politeísmo ( vários deuses) em detrimento do monoteísmo ( um só Deus).Deus é singular. Se existe um Deus,  este é vivo e verdadeiro. Isso é dito pois deuses falsos existem, e são inumeráveis, todos eles frutos da criatividade humana. Eles são falsos, mortos e fictícios, pois são apenas ilusões sem valor nenhum.




Referências
Dt 6.4 -- Ouve, Israel, o SENHOR, nosso Deus, é o único SENHOR.
1Co 8.4 -- No tocante à comida sacrificada a ídolos, sabemos que o ídolo, de si mesmo, nada é no mundo e que não há senão um só Deus.
Jr 10.10 -- Mas o SENHOR é verdadeiramente Deus; ele é o Deus vivo e o Rei eterno; do seu furor treme a terra, e as nações não podem suportar a sua indignação.
Jo 17.3 -- E a vida eterna é esta-- que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

PERGUNTA - 4. Quem é Deus?

RESPOSTA - Deus é espírito, infinito, eterno e imutável em seu ser, sabedoria, poder, santidade, justiça, bondade e verdade.
Comentário: Deus é muito maior do que nossa capacidade de compreender e de poder expressar com palavras. A definição do Breve Catecismo é concisa e resumida e foca nos atributos mais relevantes no que diz respeito ao nosso relacionamento com o Criador. Deus é Espírito: não é limitado à matéria nem ao mundo físico. Infinito, eterno e imutável: Ele é criador do tempo e do espaço, por isso não se limita a eles, ele é imutável, pois não está sujeito à nenhuma alteração, Ele será sempre o que é, antes mesmo de qualquer coisa existir, Ele sempre esteve exatamente como está, sempre foi e sempre será. Sabedoria: Deus é sábio pois fez e conhece todas as coisas criadas perfeitamente; ele conhece as profundezas do nosso Universo e também sabe quantos elétrons tem em cada átomo de cada uma de nossas bilhões de células. Poder:Todo poder criador está em suas mãos. Isso significa qu…

PERGUNTA 1. Qual é o fim principal do homem?

RESPOSTA -  O fim principal do homem é glorificar a Deus, e gozá-lo para sempre. 

Comentário: O homem foi criado por Deus, à sua imagem e semelhança.O homem foi criado com o objetivo de que sua vida, seu trabalho e sua alegria pudesse refletir a glória de Deus. E através da obediência ele poderia desfrutar da companhia bondosa de Deus com muito prazer.



Referências:
Rm 11.36:Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém.
1Co 10.31:Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.
Sl 73.24-26: Tu me guias com o teu conselho e depois me recebes na glória. Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra. Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre.
Is 43.7:A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para minha glória, e que formei, e fiz.
Rm 14.7,8: Porque nenhum de nós vive para si …

PERGUNTA - 3. Qual é a coisa principal que as Escrituras nos ensinam?

RESPOSTA - A coisa principal que as Escrituras nos ensinam é o que o homem deve crer acerca de Deus, o dever que Deus requer do homem.
Comentário: São duas coisas principais que a Bíblia ensina: Ela nos mostra quem é Deus, suas características e sua personalidade, ela nos mostra quem é o Deus que nós cremos e servimos. E ela também nos mostra qual é a missão do homem nesta terra e de que modo sua missão pode ser cumprida satisfatoriamente.  Ela orienta o homem para que seja sábio e tome decisões sensatas de acordo com o caráter divino, do modo que Deus ordena.



Referências:
Jo 5.39 : Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de  mim.
Jo 20.31 : Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.
Sl 119.105 : Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos.
Rm 15.4 : Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito…

PERGUNTA - 2. Que regra deu Deus para nos dirigir na maneira de o glorificar e gozar?

RESPOSTA - A Palavra de Deus, que se acha nas Escrituras do Velho e do Novo Testamentos, é a única regra para nos dirigir na maneira de o glorificar e gozar.
Comentário: Deus não nos deixou desamparado, sem direção para nossa vida. A Bíblia Sagrada é a fonte de conhecimento e autoridade da parte de Deus para que tenhamos uma vida justa e agradável a Ele. A última palavra vem das Sagradas Escrituras, nenhum homem ou outro livro possui igual autoridade. A Igreja é submissa a ela. É a Bíblia que nos dirige ao modo que devemos adorar a Deus e desfrutar de sua presença (gozar). 





Lc 24.27 -- E, começando por Moisés, discorrendo por todos os Profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras.


Lc 24.44 -- A seguir, Jesus lhes disse -- São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco -- importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos.

2 Pe 3.2 -- ... para que vos recordeis das palavras que, anteriormente, foram d…

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações