Pular para o conteúdo principal

Um pensamento firme conduz uma alma firme. Salmo 119.133

Firma os meus passos na tua palavra, e não me domine iniquidade alguma. Salmo 119.133


   
Como conduzir seu pesamento de modo a não permitir que ele se encha de iniquidade e de malignidades? É mais fácil adestrar um tubarão do que controlar perfeitamente o próprio pensamento. Em algumas ocasiões ele toma rumos totalmente inesperados, de maneira que não sabemos explicar como ocorre essa  dispersão. Por certo que nosso desejo é pecaminoso e nossos pensamentos naturais também o são e portanto devemos estar atentos em todos os momentos. É um perigo constante, estamos sempre expostos à influência nefasta do pecado, de modo que ele se introduz em nossa mente de maneira sorrateira e astuta. Quando menos se espera o pecado se coloca como dominador de nossa mente e conduta. Isso num piscar de olhos.

Passos firmes e caminho justo são resultados da graça de Deus. Não há como o esforço humano produzir justiça e segurança. O pensamento deve ser domado pelo Espírito Santo, porquanto sem seu auxílio estamos entregues às nossas próprias cobiças e fraquezas. É como deixar um alcoólatra  atendendo um boteco ou um ex-hacker cuidar de uma lan house, algo com certeza dará errado, estamos colocando a pessoa errada no lugar errado. Assim é o homem natural lidando com o pecado, não tem jeito ele vai acabar fazendo-lhe as vontades.  Não existe paz e tranquilidade verdadeira longe da misericórdia divina e o salmista sabia muito bem disto.

Firmados e enraizados na Palavra de Deus e guiados pelo Santo Espírito estaremos aptos a vencer o pecado. O poder das palavras divinas inspira emoções que conduzem ao rumo certo  nossos raciocínios e pensamentos!

O cristão não deseja ser dominado pelo pecado novamente, afinal ele foi liberto do pecado por Cristo e já está habilitado para viver uma nova vida para glória de Deus.
A mente não deve ser dominada pelo engano, pelo contrário, precisa ser dominada pela graça, para que possa  estar equilibrada e segura. O assédio do mal pode aparecer mas não pode dominar.
  
A Palavra deve ser a condutora dos rumos do pensamento. Meditar nela aprofunda nosso relacionamento com Deus e corrige os pensamentos tortuosos. O Espírito é quem media estas correções nos fazendo entender sua perfeita vontade para nossa vida.

Corrigindo o fluxo de nossos pensamentos ajustamos nossos passos e nossa conduta para podermos estar seguros e longe do domínio do mal. Assim poderemos pensar e raciocinar com correção e podemos desfrutar da paz e da segurança.

Comentários

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações