Pular para o conteúdo principal

Dicionário da Salvação - Predestinação

Já falamos sobre predestinação. Voltamos ao assunto aqui, desta feita porém,  o foco será doutrinário, iremos dar mais alguns passos  e traremos citações bíblicas. Já havia comentado  NESTE POST. Mas de maneira menos abrangente.


Segundo a doutrina da predestinação, Deus já determinou anteriormente a salvação dos homens no tempo e no espaço.  Elegeu cada um segundo sua soberana vontade. Cada homem e mulher, que fazem parte da Igreja hoje e que farão ainda no futuro, foram planejados e escolhidos quando ainda nem existiam.

 O verbo predestinar, em grego "proorizo", tem o sentido de escolher previamente, decidir com antecedência. Ele é empregado em Rm 8.29 e 30; Ef 1.4,5,11,  Atos 4.28 e I Co. 2.7. 
A palavra é formada de "pró", que significa "antes" e o verbo "horizo", que significa "definir, limitar".  "Proorizo" pode ser traduzido por escolher de antemão, ser determinado anteriormente.

Há vários versículos que corroboram a doutrina da predestinação podemos citar alguns como referência.  Mateus 24.22, 31; Marcos 13.20, 27; Romanos 8.33; 9.11; 11.5-7,28; Efésios 1.11; Colossenses 3.12; I Tessalonicenses 1.4; I Timóteo 5.21; II Timóteo 2.10; Tito 1.1; I Pedro 1.1-2; 2.9; II Pedro 1.10)

Vamos analisar alguns  destes  versículos que trabalham diretamente com a predestinação.

  

E os gentios, ouvindo isto, alegraram-se, e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos estavam destinados  
para a vida eterna. 
Atos 13.48

Aqui percebemos a ação soberana de Deus na eternidade. O versículo é claro, creram os que foram escolhidos de antemão pelo Senhor. É tudo bem definido e claramente determinado, a causa é a vontade soberana e incondicional do Senhor e o efeito é a salvação dos eleitos. O meio é a fé que vem através da exposição das Escrituras.




Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
Romanos 8.29,30

O Senhor pensou a salvação de seus escolhidos antes mesmo de  criado o mundo. No tempo adequado ele faria com que existisse cada um deles. A escolha foi planejada na eternidade mas a chamada foi realizada na história, dentro do tempo. Ele os separou desde seu nascimento para que fossem chamados, regenerados,  cressem, fossem justificados, santificados e por fim glorificados. Todo este processo é resultado exclusivo da graça salvadora, sem méritos humanos.



Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;
E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,
 Efésios 1.4,5

Fomos vocacionados para uma tarefa gloriosa, sermos a imagem de Cristo, o Filho  de Deus. A isso ele chama de  "santos e irrepreensíveis diante dele em amor". Mais do que isso, somos adotados na Família de Deus, por intermédio de Jesus.  Fomos predestinados para isso.



Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade;
  Efésios 1.11

Somos também predestinados para sermos a herança de Cristo, possessão exclusiva Dele, propriedade Sua. Somos um povo separado  que caminha ao lado do Senhor em direção aos céus. Isso parte do Conselho de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.


  

Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu o ressuscitarei no último dia.
 João 6.44

Neste versículo temos o próprio Jesus nos ensinando sobre a divina eleição. Fica claro que ninguém pode conhecer a Deus se Ele mesmo não se revelar ao homem.  Não há como o ser humano ir até Deus sem que Ele mesmo o atraia para Si.
Para estes a ressurreição da vida Eterna está garantida.




Por isso, eu lhes afirmo que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz. "Jesus seja amaldiçoado"; e ninguém pode dizer. "Jesus é Senhor", a não ser pelo Espírito Santo.
 1 Coríntios 12.3

Ninguém reconhece a Jesus como o verdadeiro Filho de Deus senão pela obra do Espírito Santo. O Espírito é quem convence e dá convicção ao pecador de que Jesus é Deus.  Da mesma forma, nenhum  dos escolhidos rejeita ou blasfema contra Cristo pois o mesmo possui o Espírito Santo.



Louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos.
 Atos 2.47

Mais uma vez a Bíblia nos traz o límpido e claro ensinamento da divina predestinação. Aqui percebemos que Deus mesmo ia acrescentando, pelo seu poder, os que iam sendo salvos. Deus é o  grande construtor da Igreja, ele salva e ele edifica seu povo de acordo com sua soberana vontade.


Comentários

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações