Pular para o conteúdo principal

Profetas, profecias e dom de profecia. Efésios 4.11

  dom de profecia?  Há profecias hoje?  E profetas? 



Assim, Ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, (Efésios 4.11)

Tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada: se profecia, seja segundo a proporção da fé (Romanos 12.6)

A outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação. (1 Coríntios 12.10)




O que é um profeta no AT?

Quando olhamos para o Velho Testamento,  profeta era alguém divinamente vocacionado para levar a mensagem da parte de Deus. O Profeta era um arauto que anunciava a mensagem do seu senhor de maneira ousada e vigorosa. El usava as palavras: “Assim diz o Senhor”.  Como porta-voz  e enviado especial suas palavras eram inspiradas e eram proferidas com autoridade. Alguns profetas no AT poderia  até mesmo predizer o futuro como Isaías, outros  profetas tinham visões especiais como Ezequiel, em alguns casos  operavam milagres como Elias e Eliseu. Todos eles tinham algo em comum: eram comissionados diretamente por Deus.



Dom de Profecia Hoje

Com fechamento do cânon do NT a profecia deixou de ter o caráter de proclamação de uma nova revelação divina para ter uma função de proclamação da verdade já plenamente revelada na Bíblia.  (Cânon é o nome que damos ao conjunto de 66 livros inspirados , dados por Deus para nossa salvação e edificação espiritual. É a Palavra de Deus.)
Desta forma, este dom, como listado em romanos e também em Coríntios  é a capacidade especial, dada por Deus a alguns membros, de serem proclamadores da mensagem Bíblica. Eles não adicionam nem  revelam nada além do que já foi escrito, mas sua capacidade  influi na maneira  clara, fervorosa e intensa com que pregam a Palavra.


Há profecias hoje?

 No sentido explicitado acima com certeza. A mensagem profética ( a Bíblia em seu sentido simples, dado por Deus) é captada pelo  crente com o dom profético, através da iluminação do Espírito Santo e depois ela é transmitida para a Igreja  pela exposição  bíblica. Não qualquer exposição, mas uma exposição cheia de vida e autoridade, que parece emanar diretamente da "boca de Deus". Essa mensagem toca profundamente os corações, pelo agir especial do Espírito Santo. Creio, pelos relatos históricos, que Jonathan Edwards, John Bunyan, David David Wilkerson, Leonard Ravenhill entre outros como homens que desempenharam o dom profético.



Há profetas hoje?

Gostaria de reforçar o cuidado com o uso inadequado dos termos. Como já dissemos profeta, nos moldes que percebemos hoje, difere substancialmente dos profetas do Antigo Testamento. O dom também.
Profeta significa = "aquele que fala em nome de Deus".
Quem fala hoje em nome de Deus? Qualquer  que prega corretamente a Bíblia ensina.
 Por causa do mau uso da palavra e sua associação com líderes religiosos mal intencionados,   admito que é importante ter um cuidado todo especial antes de chamar alguém de "profeta". 
Acho mais prudente dizer que "o irmão tem dom de ministrar com ousadia a palavra"  é o portador do dom de profecia corretamente entendido. Essas pessoas hoje seriam cristãos que possuem uma habilidade toda especial, dada por Deus para  corrigirem, exortar, admoestar,  reanimar biblicamente a Igreja.  Confrontam a Igreja quando esta se encontra em pecado. Muitas vezes convocam a Igreja ao arrependimento e a busca do divino perdão. Sua palavra é de convicção de ousadia e de intenso amor e devoção a Deus. Geralmente quem tem este dom, à semelhança dos profetas do AT, não se intimidam com a pressão da sociedade ou da Igreja corrompida.  Profetas são extremamente necessários em nossos dias.


Só profetas profetizam?

Claramente que não. Apesar de irmãos com este dom serem mais aptos a fazê-lo. Nem só evangelistas evangelizam, nem só pastores aconselham, nem só mestres ensinam e nem só profetas profetizam.
Há uma profecia, a Palavra de Deus e quando ela é proclamada é como se o próprio Deus falasse. Neste sentido o pregador faz às vezes do profeta ao anunciar a mensagem das Escrituras. Ele é um proclamador, ele não descobre a mensagem, não revela, não recebe uma mensagem direta dos céus, pelo contrário, recebe de Deus a missão de pregar a verdade bíblica já revelada e anunciada anteriormente.
A profecia pode ser considerada como a própria proclamação da Palavra. Deste modo específico devemos profetizar, ou seja, proclamar a mensagem da parte de Deus. Nossa mensagem deve se limitar ao que diz na Palavra de Deus e nada mais.
Através do ministério profético somos edificados e constituídos em Templo do Espírito Santo, santificados à imagem de Cristo Jesus nosso Salvador.

Comentários

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações