Pular para o conteúdo principal

O eu oculto.Jeremias 17.9

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Jeremias 17.9

Enganoso, corrupto e profundamente desconhecido. Estou falando do meu coração, estou falando do seu coração.
Somos um emaranhado confuso de emoções, ideais e sentimentos que nem nós mesmos, nem ninguém consegue desvendar com segurança.
E é deste coração que saem nossas decisões, nossos medos, nossas fraquezas, as vãs maquinações, vaidades, invejas, cobiças e maldades.
E é deste coração que também sai algumas coisas boas, palavras de carinho, encorajamento e tantas outras coisas que fazem com que nos sintamos alegres.
O profeta Isaías conhecia seu coração e conhecia também o do resto da humanidade. Somos todos confusos e igualmente desconhecedores do tamanho de toda nossa maldade e fragilidade.
O bem que desejamos, sempre é bem menor do que o que realizamos. Nossas tentativas de evitar o mal que anda dentro de nós são muitas vezes fracassadas.
A mais pura verdade é que a maioria de nós desconhece os desejos e motivações que impulsionam nosso coração. Sabe o combustível do carro, a energia elétrica que liga lâmpadas e aquece seu chuveiro, a alimentação que lhe proporciona a energia vital? Esses são exemplos de energia impulsionadora. Mas o que lhe proporciona energia interna para produzir força para levantar-se da cama e viver sua vida? Não são as dívidas, contas, prestações, necessidades, rotinas, nada disso. São seus desejos. Seus sonhos e projetos. São eles que lhe garantem a energia vital para que você consiga enfrentar o dia a dia e seus desafios. Eles moram aí no seu peito. Na sua alma.

Mas você conhece seu coração? Você conhece seus desejos? Você conhece suas reais motivações?
Para muitas pessoas suas motivações moram no eu oculto, um lugar que não se tem acesso e que não podemos ver claramente. Um lugar bem profundo. De fato é um lugar que só Deus conhece . E Ele, somente Ele pode nos mostrar.
Se você quer saber, posso tentar dar uma dica. Olhe para seu dia a dia. Olhe para o que você faz, para onde se dirigem seus olhos, pergunte para seus amigos o que eles percebem que lhe faz brilhar os olhos. Talvez você tenha uma boa pista.
Eu dou outra dica, ainda mais importante: Ore. Busque ao Senhor para que lhe faça enxergar qual tem sido o combustível da sua vida. O que tem queimado no seu coração. Deus conhece nosso eu oculto, mais e melhor do que qualquer psicólogo ou psiquiatra. Ele desnuda nossa alma. Só Ele.
Talvez você perceba que não seja a glória de Deus. Talvez isso não esteja queimando no seu coração. Se não for, entendo que estejamos com um grande problema.
Volte-se para Deus, é Ele quem deve ser o centro de nossa devoção. A busca por sua glória o mais profundo desejo de sua alma.
Peça para que seja assim em sua vida, só assim haverá a paz no nosso eu interior.



Comentários

Blog do Vitor pelo mundo- agora

Total de visualizações