Pular para o conteúdo principal

Prometo que não cumprirei. Salmo 119.106


 Jurei, e o cumprirei, que guardarei os teus justos juízos. Salmo 119.106



Sejamos sinceros, se eu chegar com uma mala  grande , carregada de dinheiro e perguntasse  a você quanto você gostaria de receber para quebrar uma promessa, quanto você pediria? Digamos 100 mil reais, que você acha?Daria para comprar uma casa ... Ou mais, talvez um milhão de reais, daria para comprar tanta coisa... Daria para fazer viagens,  comer em restaurantes caros,  ter móveis luxuosos , conforto, comodidade...
Ahh! Você vai dizer que sua palavra não tem preço e que nada no mundo o faria quebrar uma promessa ? Mas pense em algo como uma promessa de sair no próximo fim de semana com a família para passear ou se comprometer a ouvir um CD recém gravado por aquele seu amigo do peito que canta músicas que você detesta. A primeira pode ser agradável até que você se descubra sem a mínima vontade de acordar no seu sábado de folga às 5 da manhã para viajar. A segunda promessa é notavelmente fácil de ser quebrada. Pode ser fácil, mas não é correto, as pessoas ainda confiam no que falam umas ás outras e não é correto quebrar esta confiança. 

O Salmista afirma que   jurará e ele cumprirá sua promessa, ou seja, ele guardará a Palavra de Deus em sua vida.
É uma promessa importante, maravilhosa, mas que custa muito. É um juramento que fazemos por toda vida.
Quanto vale nosso compromisso? O quanto de esforço fazemos para cumprir nossos votos? Será que estamos realmente empenhados em fazer valer a palavra que damos ou nossa palavra é leviana e nossas promessas vazias, da boca para fora.
Se não temos condições nem vontade de cumprir algo que se nos propõe por que não ter a coragem de se negar a prometer ou a jurar?
Não somos obrigados a prometer nem a jurar. Onde está a nossa honra? Onde está o caráter e a nobreza do cristão?
Um filho que percebe que o pai não cumpre promessas dificilmente voltará a confiar nele. Uma esposa traída , um amigo abandonado , um colega , um parente enganado, qualquer pessoa tem dificuldade de confiar depois de perceber o descuido em cumprir os votos e promessas.
Ninguém, em sã consciência e com um mínimo de caráter,  faz um juramento pensando em quebrá-lo. O problema está é de ser apressado  em comprometer-se, não medir exatamente as consequências do compromisso firmado. Não avaliar corretamente a capacidade ou a vontade de cumrir o acordado.
É necessário que as nossas palavras sejam medidas, pois uma promessa quebrada macula nossa honra . Possuir um caráter honrado é algo que vale muito mais que ouro , prata e bens materiais.
Um cristão honrado , honra a Cristo com sua fidelidade, com sua nobreza e disposição para cumprir acordos e promessas.

Servir e amar nosso Deus é um pacto para toda vida, um pacto que deve ser honrado e respeitado. Deus honrará seu compromisso e nos amará e nos cuidará por toda a eternidade.
Como dissemos no início, com um milhão de reais   você se sentiria tentado a   quebrar uma promessa?

Comentários

Total de visualizações