Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 30, 2016

DOUTRINAS DA GRAÇA - TULIP

Cinco Pontos do Calvinismo

A Tulipa é uma flor muito comum nas regiões da Holanda, local onde ocorreu o famoso Sínodo de Dort (Sínodo  que lançou as bases históricas da separação da doutrina Calvinista das restantes que surgiram na Europa com advento do protestantismo). Do Sínodo surgiu  o famoso documento chamado  Os Cânones de Dort, em que constam estes 5 pontos e outras informações importantes sobre a doutrina oficial da reforma Suiça. Tulip, em inglês funciona como acróstico das letras iniciais das 5 principais doutrinas defendidas neste Sínodo.

Historicamente estes são os pontos fundamentais que marcam o terreno da doutrina calvinista. Clique  pontos para explicações mais detalhadas sobre cada um deles.
T  Total Depravity   -  Depravação Total Unconditional  Election  - Eleição Incondicional L  Limited  Atonement  -  Expiação Limitada Irresistible  Grace  -  Graça Irresistível

Perseverance of Saints - Perseverança dos Santos - TULIP 5

A Doutrina da Perseverança dos Santos é a última doutrina da TULIP e uma consequência natural das anteriores.
Esta doutrina ensina que os eleitos, os santos que foram remidos no sangue de Cristo, estão seguros de sua salvação e não estão a correr o risco de perdê-la a qualquer instante. Ela também é conhecida como Segurança Eterna dos crentes e aponta para o  caráter definitivo e irremovível do sacrifício de Jesus no Calvário.Aqueles por quem Cristo morreu estão seguros, estão confiantes, aguardam sua salvação confiantes que o Senhor que os resgatou da maldição é fiel e irá completar a boa obra que começou em suas vidas.

A jornada pode ser longa, o caminho estreito, a estrada árida, cansativa, as dificuldades e provações grandes, mas Deus nos garante que chegaremos Lá, nos Céus , na Eternidade com Cristo.  Percebam que os crentes verdadeiros caem em tentações e cometem pecados, até mesmo graves pecados,  mas esses pecados não os levam a perder a salvação ou a separá-los de Cristo. Lemos n…