Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 28, 2016

A promessa que debela a tristeza - Salmos 119:28

A minha alma consome-se de tristeza; fortalece-me de acordo com tua palavra. - Salmos 119:28


 Nada melhor  para debelar a tristeza do que se fortalecer lendo a Palavra de Deus. É um remédio revigorante meditar em suas muitíssimas promessas. Não sabemos o motivo do salmista estar triste, mas o que realmente  nos interessa foi a atitude que ele tomou em relação a sua tristeza. Uma atitude nobre e muito inteligente que muitas vezes esquecemos de tomar. Ele orou. Quando ele diz: "Fortalece-me segundo a tua Palavra" ele está orando ao Senhor para que o revigore, que dê-lhe forças para viver.  Vamos colocar de forma mais clara o que o salmista estava a orar. Note que percebemos nitidamente que o escritor conhecia as Sagradas Escrituras e sob a orientação dela ele ora:
"Senhor tua Palavra promete força ao que está entristecido, abatido, eu estou solicitando a Ti esta benção prometida mediante a  promessa. Amém"

Existe uma espécie de tristeza violenta que prostra o homem e lhe …

Falando Maravilhas que conhecemos - Salmo 119.27

Faze-me entender o caminho dos teus preceitos; assim falarei das tuas maravilhas. Salmo 119.27
Há  duas coisas que podem provocar nosso riso quando observamos. A primeira é a pessoa que gosta de atacar uma ideia ou posição que nem  se deu ao trabalho de entender bem. A segunda é justamente o contrário, a pessoa que se dispõe a defender uma ideia ou posição que também não entendeu   e acaba por se confundir e se perdendo em argumentos absurdos.
Na vida cristã também ocorre isso. Há os mau intencionados que adoram falar dos problemas da fé alheia mas que não compreendem nada do que  atacam tão ardorosamente. Há também outro tipo, os bem intencionados que tentam defender sua fé de maneira tão apaixonada e fervorosa mas , por causa da falta de conhecimento da mesma , atrapalham e ridicularizam  a fé  mais do que a defendem. Estes são dois legítimos ignorantes. O pior de tudo  é que estes dois tipos não  se dão conta  disto, pois se dessem deixariam de ser ignorantes , e já adentrariam no cam…

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…