Pular para o conteúdo principal

Manutenção de uma arma chamada fé. Salmo 119.43

Jamais tires da minha boca a palavra da verdade, pois nas tuas ordenanças coloquei a minha esperança. Salmo 119.43





No tempo em que servi no exército, no serviço militar obrigatório , eles cobravam bastante a manutenção do nosso armamento. Ele deveria estar sempre bem limpo e lubrificado.  Em uma situação de emergência ou no caso de uma eventual guerra ela deveria estar em ótimas condições de uso, pois dela dependeria a vida do soldado. 
Era um fuzil antigo a arma que usávamos, de quase 40 anos de uso, mas  pela idade ele era muito bem cuidado, a manutenção dele era caprichosa. 
Isso é fundamental. Imagine uma arma que falha ou trava bem no meio da peleja, a morte do soldado é quase certa.
Por isso era preciso conhecer bem aquilo em que tanto confiávamos  e de que  sua vida dependia.


Onde você deposita sua confiança?

A fé é uma arma poderosíssima, vence as batalhas mais complicadas. A fé é um poder gigantesco que está à disposição do salvo. É de suma importância, porém, conhecer a substância do que você crê. Muitas vezes sua fé vai ser testada e ela precisa estar em ótimo estado para não falhar diante do inimigo. Sem uma manutenção adequada, diante do teste ela irá falhar e você vai acabar machucado , ferido e envergonhado. É preciso conservar a fé, é preciso examinar as condições dela, limpá-la das impurezas que a poeira da vida acumula sobre ela, tirar-lhe a ferrugem.
Faça um exame da sua fé. Vamos lá:
Você diz que crê em Deus, mas me diga que Deus é este e se sabe o que ele fez por amor de você.  
Você diz que Jesus é Senhor, mas me diga se ele reina realmente em sua vida.
Você diz que é crente, mas me confesse se não procura ocultar sua fé com medo de ser envergonhado.
Você diz que é templo e morada do Espírito Santo, mas me fale de sua vida diária de oração ( se você lembra de orar...)

Sinto dizer que se você não faz manutenção na sua fé, não a preserva e não a cuida acabará percebendo como isso é perigoso quando for realmente precisar usar a fé. Se não cuidar destes pontos vai acabar duvidando de Cristo , de Deus e da Bíblia, naufragando na fé.

Olhemo o salmista que  possuía uma fé pujante, bem conservada,  ele  depositava sua confiança na sua obediência ao  Senhor , olhe o que ele  diz:

"Nas tuas ordenanças coloquei minha esperança"

Ou seja, ele acreditava que enquanto meditasse na vontade de Deus e se esforçasse por obedecer ele seria vencedor, jamais seria derrotado.
Ele sabia que no seu Senhor ele poderia confiar, sua obediência, sua fé e sua lealdade a Deus seriam recompensadas com a vitória.

Esta era a verdade em que o salmista podia confiar. Jeová não falharia, seu Deus era garantia de êxito. A palavra da verdade, ou seja, a apalavra de fé estava ardendo no seu coração.

Por isso que a fé deve estar sempre bem nutrida, sempre em bom estado, pois quando menos se espera vem a prova, vem a luta, vem  os dissabores da vida e precisamos de fé para superá-los. Não uma fé capenga, enfraquecida, uma fé morta por falta de uso, pelo contrário , ela deve ser uma fé viva e dinâmica, no Deus verdadeiro, em Jesus Cristo nosso Senhor e obediente aos divinos preceitos.







Comentários

Total de visualizações