Pular para o conteúdo principal

Uma bela ironia. Salmo 119.23

Príncipes também se assentaram, e falaram contra mim, mas o teu servo meditou nos teus estatutos. Salmo 119.23
 

Pense na situação. Você fica sabendo que existe gente poderosa, influente na sociedade, talvez mega empresários , políticos poderosos , grandes líderes, que estão tramando contra você.  Eles se sentam para falar contra você, procuram meios de te destruir. Como você reagiria? Ficaria perturbado? Nervoso? Com medo? 
Qual seria sua estratégia de defesa? Como seria seu projeto para evitar o pior?

Já falamos, na introdução ao salmo 119 , que não sabemos quem seria o autor do salmo 119, porém podemos nos deter em algumas informações que ele nos dá ao escrever.
Aqui percebemos que possuía inimigos poderosos, os príncipes, ou seja, os principais  cidadãos de Israel, a elite da sociedade hebréia. 
Por que os poderosos se insurgiram contra ele? Por que tramava contra sua vida?
A expressão que afirma " eles se assentaram"  significava, no contexto judeu, a ideia de tramar algo , refletir sobre a melhor forma de fazer algo. Algumas traduções trazem a palavra "conspiraram"  no lugar de "falaram contra mim". De qualquer forma, aqui vemos o salmista dizendo que os poderosos estavam assentados estudando a melhor forma de destruí-lo, literalmente 'falaram contra" o salmista. O motivo de falarem mal não seria outro a não ser a inveja, arrogância, ou qualquer outro sentimento mal, pois o salmista, percebemos pelo que escreve no restante do salmo,  era um homem íntegro e temente a Deus. Este tipo de gente sempre incomoda os corruptos e malignos, pois com eles não se associa para praticar suas impiedades.

A descrição de sua reação  possui uma bela ironia , perceba, enquanto seus inimigos se assentam  meditam em um jeito de destruí-lo, ele também medita, só que nos preceitos divinos. Sua estratégia de defesa é simplesmente confiar e buscar conhecer mais sobre o seu Deus, afinal Ele era o único que poderia livrá-lo das traiçoeiras ciladas que lhe preparavam os adversários. Uns meditando sobre o mal, outros meditando em Deus.  Sinceramente, que   bela ironia!
Realmente, parece bonito de pensar na  sua atitude, mas de fato reagir com a mesma fé e serenidade é um desafio para todos nós.
Sem perturbação e sem desespero, ele estava refletindo na grandeza de Deus e isso lhe trazia a segurança que precisava.




Comentários

Total de visualizações