Pular para o conteúdo principal

Equidade e Iniquidade - Salmo 119.3

E não praticam iniquidade, mas andam nos seus caminhos.
Salmos 119:3
Anomia

Lendo este verso me interessei por  refletir , acuradamente,  no significado de iniquidade e sua aplicação para  nosso contexto moderno.
 O dicionário traz este vocábulo como sinônimo de injustiça, malicia, maldade. Mas na Bíblia ela alcança um sentido um pouco mais delimitado. Os tradutores, quando esta palavra aparecia no Novo Testamento, traduziram a palavra  ανομια (anomia) que significa falta de conformidade com a lei, negação da lei, não aceitação da lei. A palavra que aparece no hebraico, do texto usado neste salmo , é עוון (avon), que traz a ideia de afastamento da vontade divina, erro, maldade.
E é exatamente o sentido desta palavra neste texto. A iniquidade é o pecado  específico do rebelde, do que não aceita determinações superiores, aquele que se acha "dono do próprio nariz" , para usar uma linguagem corriqueira. Quem não aceita viver de acordo com a vontade de Deus é iníquo, ou seja, nega a autoridade divina, nega o seu mandamento, enfrenta o próprio Criador e Legislador do Universo.
Este tipo de pessoa, fabrica para si o seu próprio caminho, sua própria lei e é dirigido somente pelos seus interesses, geralmente egoístas e mundanos. Por isso o salmista diz: "praticam iniquidade, mas escolhem seus caminhos (andam)".

O oposto de iniquidade é equidade. O contrário do iníquo é o reto. Quem possui um caráter reto é por que é sinceramente submisso  à vontade do Senhor.  Retidão é sinônimo de equidade .
O Homem reto é elogiado pelas Escrituras. O reto tem a virtude de seguir a direção indicada pelo senso de justiça, pela verdade; virtude de estar em conformidade com a lei divina e dela não se desviar , seja qual for a consequência imediata disto.
Temos os melhores exemplos na vida de Daniel , mostrando sua retidão preferido obedecer a vontade de Deus em vez dos caprichos do rei,  temos  José,  Abel. Homens que são firmes no propósito de servir a Deus, custe o que custar, são leais e confiáveis, não procuram desviar-se  da justiça para obter vantagens ou buscar privilégios.
É preciso olhar bem , para sabermos se não estamos procurando apenas nossos interesses, nossos desejos, buscando trilhar os caminhos que, aos nossos olhos, nos tragam conforto e prazer ao mesmo tempo deixamos de lado nosso dever de cumprir a vontade de Deus.


Comentários

Total de visualizações